segunda-feira, 13 de junho de 2011

Eu tento viver sem você. Como uma idiota eu continuo andando pela casa, escrevendo pelos cantos, passeando e olhando as estrelas. Sempre em busca de algo que eu nunca terei. Você sabe qual é a sensação de querer, mais do que tudo, algo, mas simplesmente não conseguir alcançá-lo? A mesma sensação de levantar a mão e tentar tocar o céu. É assim que eu me sinto à seu respeito. A única diferença, é que você está a centímetros de mim. E, talvez, até a o infinito seja mais meu do que você.

Nenhum comentário:

Postar um comentário